Exposição da Fé Cristã – Ambrósio

Ambrósio (340-397) d.C foi um dos pais da Igreja. Vendo o Imperador Graciano que o Arianismo (de modo geral, aqueles que negam a co-eternidade de Cristo)  estava crescendo, ele pede a Ambrósio, naquele tempo bispo de Milão, para obter algum tipo de defesa contra a influência Ariana. Ambrósio, por sua vez, escreve um tratado que formam os dois primeiros livros do De Fide.

Exposição da Fé Cristã – Capítulo IX

Ambrósio pergunta aos heréticos e exibe a resposta deles, ou seja, que o Filho existiu, de fato, antes dos tempos e, ainda assim, não era co-eterno com o Pai, pelo que Ambrósio mostra que eles representam a Divindade como mutável e, ainda assim, que cada Pessoa deve ser crida como eterna.

58. Diga-me, tu herético, – pela inigualável clemência do Imperador que me concede essa indulgência de endereçar-te por um curto espaço, não que eu deseje me consultar contigo ou estou eu ávido por ouvir teus argumentos, mas por que estou disposto a exibi-los – conte-me, digo, se houve um tempo quando o Deus Todo-Poderoso não era Pai e ainda era Deus. “Eu não digo nada sobre o tempo” é sua resposta. Satisfatória e sutilmente objetada! Pois se tu trouxeres tempo ao debate, tu condenas a ti mesmo vendo que tu deves reconhecer que havia um tempo quando o Filho não era, ao passo que o Filho é o legislador e criador do tempo. Ele não pode ter começado a existir depois de sua própria obra. Tu, por isso, deves precisar permitir-lO ser o legislador e construtor de Sua obra.

59. “Eu não sei”, respondes tu, “que o Filho existiu antes do tempo, mas quando eu O chamo ‘Filho’ eu declaro que Seu Pai existiu antes dEle, pois, como você diz, pais existem antes dos filhos”. Mas o que isso quer dizer? Tu negas que o tempo era antes do Filho e ainda assim tu queres que algo tenha precedido a existência do Filho – alguma criatura do tempo – e tu mostraste certos estágios de geração entre a existência do Pai e do Filho, em que tu fazes nos dar a entender que a geração pelo Pai foi um processo no tempo. Pois se Ele começou a ser um Pai, então, na primeira instância, Ele era Deus e depois se tornou um Pai. Como, então, Deus é imutável? Pois se Ele era primeiro Deus e depois Pai, certamente ele tem sofrido mudanças em razão do adicionado e posterior ato de geração.

60. Mas que Deus possa nos preservar dessa loucura, pois foi somente para refutar a impiedade dos heréticos que nós trouxemos essa questão. O devoto espírito afirma uma geração que não é no tempo e então declara o Pai e filho serem co-eternos, e não mantém que Deus jamais sofreu mudança.

61. Deixe o Pai e Filho, portanto, serem associados em adoração, da mesma forma que são associados na divindade; não permita que a blasfêmia separe aqueles a quem o vínculo da geração tem unido. Vamos honrar o Filho, mas que possamos honrar o Pai também, como está escrito no Evangelho. A eternidade do Filho é o adorno da majestade do Pai. Se o Filho não estivesse na eternidade, então o pai sofreu mudança, mas o Filho é de toda eternidade, por isso o Pai nunca mudou, pois Ele é para sempre imutável. Portanto, nós vemos que aqueles que negariam a eternidade do Filho, ensinariam que o Pai é mutável.

Referência:
Schaff, Philip. Nicene and Post-Nicene Fathers . Series II, Volume 10.

Tradução Diego de Andrade. Colaboração Kymberly Tolson. afeicoesdoevangelho.wordpress.com.

Advertisements

About afeicoesdoevangelho

O afeições do evangelho foi criado com o propósito de incentivar as pessoas a buscarem conhecer e viver o Evangelho Cristocêntrico, como fizeram uma grande nuvem de testemunhas (Hebreus 12.1) em outras gerações. Solus Christus!
This entry was posted in Patrística and tagged , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s