Adultério Espiritual

Adúlteros, não compreendeis que a amizade do mundo é inimizade com Deus? (Tg 4:4a)

Se adultério é o pecado de dar a alguém o amor que prometi a outra pessoa, então sou um adúltero espiritual todas as vezes que dou meu coração a alguém ou a algo que não a Deus. O conflito humano está enraizado no adultério espiritual. Meu problema não são as pessoas pecaminosas ou situações difíceis, meu problema é que dou o amor que pertence a Deus a outra pessoa ou outra coisa.

(…) Se meu coração for governado pelo desejo por determinada coisa, afetará meu relacionamento com Deus de duas maneira importantes: Primeiro, moldará minha atitude quando eu orar. Em vez de ser um ato de submissão a Deus, vou fazer orações egocêntricas e com exigências. Não somente minha atitude em oração será afetada, mas o tipo de deus que eu quero também vai mudar.

Por exemplo, se um determinado conjunto de desejos governa meu coração, não vou querer que Deus seja um Pai sábio, amoroso e soberano que me dá o que Ele sabe ser melhor. Em vez disso, vou querer um garçom divino que me entregue aquilo em que coloquei meu coração. Imagine ir a um restaurante e pedir uma bisteca ao ponto com uma enorme batata assada com bastante manteiga e recheio. O garçom anota seu pedido e desaparece na cozinha, surge vinte minutos mais tarde com um prato de salada. Você diz ao garçom: “Não foi isso que pedi!”, e ele responde: “Bom, eu anotei seu pedido, mas comecei a pensar na sua idade e na sua saúde, e decidi que o que o senhor pediu é a pior coisa que poderia comer. Então pedi ao chef que preparasse essa salada”. Você agradeceria ao garçom e mergulharia na salada? Claro que não, porque o desejo de comer a bisteca está dominando seu coração.

Quando um determinado conjunto de desejos governa nosso coração, reduzimos nossa oração a um cardápio de desejos humanos. Pior ainda, reduzimos a Deus de sua posição de Pai totalmente Sábio e Todo Poderoso para a posição de garçom divino, esperando que Ele entregue tudo aquilo que pedimos. Mas Deus não se reduzirá a isso…Ele é um Rei Guerreiro que luta por nós, pelos pensamentos e desejo do nosso coração.

 

Por Paul David Tripp. Instrumentos nas Mãos do Redentor. Eitora Nutra Publicações, 2009. Tradução de Eloisa Pasquini.

Advertisements

About afeicoesdoevangelho

O afeições do evangelho foi criado com o propósito de incentivar as pessoas a buscarem conhecer e viver o Evangelho Cristocêntrico, como fizeram uma grande nuvem de testemunhas (Hebreus 12.1) em outras gerações. Solus Christus!
This entry was posted in Contemporâneos and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s